PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

sábado, 26 de agosto de 2017

Governo triplica vagas para curso de formação de oficiais da PM

O governador Beto Richa assinou decreto que fixa em 30 o número de vagas para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Paraná.São 20 vagas para oficiais policiais militares, o dobro do previsto inicialmente no edital do concurso. Além disso, foram abertas dez vagas para oficiais bombeiros militares. As inscrições vão até as 23 horas de 14 de setembro, pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O acesso ao edital pode ser feito pelo link portal.nc.ufpr.br/PortalNC/Home. O edital, aberto no dia 16 de agosto, estava suspenso para alteração no número de vagas. “Neste momento de austeridade fiscal, nos engajamos com o Governo do Estado e agradecemos a percepção do governador em manter a tradição do curso, que desde 1953 não sofre interrupção”, disse o comandante-geral da PM, coronel Maurício Tortato. PARA PARTICIPAR – A inscrição deve ser feita pela Internet (www.nc.ufpr.br), mediante o preenchimento do formulário de inscrição, e será consolidada após o pagamento da taxa ou após a homologação da isenção dessa taxa. O processo seletivo será regulado pela UFPR e consistirá de provas que avaliam, além do domínio dos conteúdos das disciplinas do ensino médio, as capacidades de articular ideias com clareza, de relacionar e interpretar fatos e dados e de raciocinar de maneira lógica. Depois, os candidatos serão submetidos às Provas de Habilidades Específicas, no âmbito da Polícia Militar do Paraná e reguladas por edital. As provas de habilidades específicas, de caráter eliminatório, serão compostas pelas seguintes fases: investigação social, avaliação psicológica, exame da capacidade física e exame de sanidade Física. O CURSO – O Curso de Formação de Oficiais, oferecido pela Escola Superior de Oficiais da Polícia Militar, é disponibilizado todos os anos pela UFPR. As disciplinas fundamentais estão ligadas diretamente à vida militar, buscando adaptar os cadetes para o melhor cumprimento da sua atividade como policial militar e bombeiro militar. São diversos segmentos do direito, uso correto de armas de fogo, psicologia, estatística, educação física, direitos humanos e policiamento comunitário, além de técnicas de salvamento e prevenção de incêndios, entre outras. Desde o início os alunos fazem estágios administrativos nos quartéis e, ao fim do curso, nas ruas. No último ano de formação, os cadetes fazem estágios operacionais supervisionados, nos diversos batalhões do estado e atividades da corporação. O salário do cadete do 1º ano do Curso de Formação de Oficiais é de R$ 3.213,61.

Nenhum comentário: