PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

sexta-feira, 28 de julho de 2017

42ª fase da Lava Jato prende ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta quinta-feira (27), no Distrito Federal e em Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, mandados judiciais, entre eles, três de prisão temporária e 11 de busca e apreensão, na 42ª fase da Lava Jato. A pedido da força-tarefa do Ministério Público Federal no Paraná (MPF/PR), a Justiça expediu e a Polícia cumpre, na manhã desta quinta-feira (27), três mandados de prisão temporária e 11 de busca e apreensão em nova fase da Lava Jato. Os focos principais desta operação são Aldemir Bendine e operadores financeiros suspeitos de operacionalizarem o recebimento de R$ 3 milhões de reais em propinas pagas pela Odebrecht em favor do ex-presidente da Petrobras. O ex-presidente da Petrobras foi preso em Sorocaba. Ele tinha uma passagem de ida para Portugal. A viagem estava marcada para esta sexta-feira (28). “É importante destacar que o MPF encontrou apenas a passagem de ida, não significa que não havia a passagem de volta”, afirmou Athayde Ribeiro Costa, procurador da República, em entrevista à imprensa em Curitiba. Segundo o procurador, há evidências de que os outros dois alvos dessa operação tentaram apagar provas e obstruir a Justiça. Um deles, André Gustavo Vieira da Silva, foi detido em um aeroporto no Recife. Ele viajaria para Brasília. Foi preso ainda o irmão dele, Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior. Os dois são sócios em uma agência de publicidade, chamada Arcos, e são apontados como operadores da propina. LEIA MAIS.

Nenhum comentário: