PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quarta-feira, 5 de julho de 2017

MAUÁ DA SERRA - Prefeito visita obra de pavimentação asfáltica na avenida XV de Novembro

O prefeito de Mauá da Serra, Hermes Witchoff, visitou, na semana passada, as obras de recape asfáltico na avenida XV de Novembro, no acesso à Vila Maria. O investimento nessa recuperação, que será realizada com CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), é superior R$ 200 mil, que foram garantidos com recursos próprios. O prefeito conversou com os responsáveis pela obra e cobrou qualidade nos serviços executados, destacando que o trecho em questão recebe um grande fluxo de caminhões e, por isso, precisa de um recape de qualidade. Ele informou também que, na semana passada, foi concluído o processo de licitação, com recursos na ordem de R$ 250 mil, para a pavimentação de todas as ruas da Vila Maria. As obras devem começar dentro de poucos dias . Além disso, a prefeitura está realizando o recape asfáltico em outros trechos que estavam danificados, como em frente ao Colégio Estadual João Plath, e parte das ruas Pedro e Pedro Jeffer, além de um trecho no Conjunto 39 Casas.
Consórcio de Asfalto - Graças ao apoio do deputado federal Alex Canziani, o município de Mauá da Serra ingressou no Consórcio de Asfalto, que reúne mais de 150 municípios em todo o Paraná. Nssa primeira etapa, foram recuperados, aproximadamente, 24 mil m², na avenida Jamil Assad Jamus, na Rua Eidi Yano e próximo à rodoviária, no acesso a Adram e na Vila Rural Nova Esperança. Todos os trechos estavam esburacados e foram recuperados. Witchoff explica que a grande vantagem da adesão ao consórcio é o custo, que fica em torno de 40% do valor que se pagaria a uma empresa particular. A prefeitura investiu cerca de R$ 130 mil nesse trabalho. “A nossa intenção é até o final do ano trabalhar para asfaltar o maior número possível de ruas em Mauá da Serra e, para isso, vamos buscar recursos em todas as esferas de governo”, comentou o prefeito.  Assessoria do Prefeito Leonardo Belinati.

Nenhum comentário: