PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

sexta-feira, 30 de junho de 2017

PPS PR lança Marcelo Rangel e Cesar Silvestri Filho ao Governo do Estado

Foi anunciado na quinta-feira, 22, pelo presidente estadual do PPS PR, deputado federal Rubens Bueno, os nomes de Marcelo Rangel (Prefeito de Ponta Grossa) e Cesar Silvestri Filho (Prefeito de Guarapuava) como pré-candidatos ao Governo do Estado do Paraná nas eleições de 2018. O anuncio foi feito durante a reunião estadual do partido que aconteceu no Hotel Lizon, em Curitiba e contou com a presença dos deputados estaduais Tercilio Turini, Douglas Fabrício e Cristina Silvestri, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e militantes do PPS de todas as regiões do estado do Paraná. O presidente estadual do PPS, o deputado federal Rubens Bueno, destacou a importância da candidatura própria. “Um partido que se preza é aquele que disputa eleição. Mostra sua cara com seus candidatos e diz o que pensa com seus programas e projetos. Fora isto, é apenas um cartório para registro de nomes”, destacou Rubens Bueno que anunciou também os nomes para iniciar o projeto do PPS em 2018. “Se nós temos algo a construir, este algo vai ser agora. A busca da nossa certeza por candidatura a 2018 começa hoje.
Temos que sair daqui com uma coisa muito clara, unidade e coesão em busca de encontrar o nome no decorrer do processo para termos o candidato a governador do estado. Temos dois grandes prefeitos. Marcelo Rangel de Ponta Grossa e Cesar Filho de Guarapuava. Este são os dois nomes para começarmos a discutir o nosso projeto”, revelou o presidente estadual do PPS. Um dos indicados pelo presidente do PPS PR, o prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho, destacou a importância do debate com a comunidade. “Tivemos uma reunião da executiva do partido e colocamos o nosso nome a disposição. Desta forma aceitamos o desafio de iniciar uma caminhada pelo Estado ouvindo o partido, a sociedade e discutindo a construção de um projeto concreto para que possamos enriquecer o debate da sucessão no Governo do Estado”, afirmou César Filho. Por fim, o prefeito de Ponta Grosa, Marcelo Rangel, ressaltou os desafios que vão encontrar pela frente. “Nós temos realmente um grande desafio pela frente. O desafio começa em apresentar as nossas ideologias, as nossas ideias, nossos exemplos e os nossos ideais para que tenhamos um País melhor e um Estado mais promissor”, finalizou Marcelo. No final do encontro, que contou com mais de 150 lideranças, foi aprovado o documento “Eleições 2018. Nosso Projeto. Nosso desafio” por unanimidade. Conheça o teor do documento: Eleições 2018. Nosso projeto. Nosso desafio. O momento particularmente crítico que atinge a vida pública brasileira exige serenidade e responsabilidade ainda maiores dos agentes políticos. Nossa missão é apontar e construir caminhos que resgatem a ética, a legalidade, o respeito absoluto aos direitos e garantias constitucionais e a honestidade intelectual como valores fundamentais sobre os quais devem se assentar a atividade política e o funcionamento das instituições republicanas. É hora de persistir e fortalecer a via da boa política e assumir diante do povo, sem subterfúgios, a responsabilidade e o desafio de convencer, unir e liderar mulheres e homens dispostos a seguir adiante, nessa luta cotidiana para edificar uma sociedade mais justa, fraterna, solidária, honrada e feliz. É com essa disposição que os dirigentes, detentores de mandato e militantes do PPS Paraná, unidos em nome da base social e política que legitimamente representam, assumem a iniciativa denominada “Eleições 2018. Nosso projeto. Nosso desafio”, pautado pelas seguintes diretrizes: 1. Apresentar candidaturas do partido às chapas de Governador, Senador, Deputados Federais e Deputados Estaduais; 2. Do mesmo modo, defender que também no plano nacional, o partido apresente o seu próprio projeto e a sua candidatura nas eleições presidenciais de 2018. 3. Mobilizar a comunidade paranaense com o objetivo de formular um Plano de Governo sintonizado com as melhores aspirações do povo e em conformidade com as exigências da política contemporânea, sobretudo no que diz respeito à qualidade ética e à capacidade de gestão da máquina pública, voltada à produção de resultados concretos para melhorar a vida das pessoas. Fonte: PPS PR

Nenhum comentário: