PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

terça-feira, 13 de junho de 2017

IVAIPORÃ - Projeto de estradas rurais é apresentado a lindeiros

O presidente do Consórcio Público Intermunicipal Para o Desenvolvimento Rural e Urbano Sustentável da Região do Vale do Ivaí do Estado do Paraná, Miguel Amaral, que é prefeito de Ivaiporã, convidou os lindeiros da região para participar da consulta pública, no dia 7 de junho, no salão nobre da Prefeitura de Ivaiporã, onde foi apresentado o projeto de estradas rurais em elaboração. A consulta pública foi aberta aos produtores lindeiros da Região da Microbacia Pindaúva I, que compreende 7 trechos: Fazenda Caioá à propriedade do médico Orlando Sanchez/Alto Porã; Igreja Comunidade Pindaúva/Alto Porã; Bairro dos Silva/Alto Porã; Estrada do condomínio de frango/Estrada da Fazenda Caioá/Pindaúva/propriedade do médico Orlando Sanchez; Fazenda Caioá/Pindaúva/propriedade do médico Orlando Sanchez/Alto Porã/Cruzeirinho; Estrada do Conjunto Mourão Filho/Pindaúva – próximo ao produtor de hortaliças; e o Conjunto Mourão Filho/captação d’água da propriedade do Boleta/Água do Milagre. A audiência pública contou com a participação dos vereadores Hélio Barros (PSDB), Edivaldo Montanheri (Sabão/PTB), Eder Bueno (PP) e Alex Papin (DEM). Projeto técnico - Gilberto Luiz Viana, técnico do departamento de Agropecuária da Seab (Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná), foi convidado para participar da audiência pública e falar sobre o programa Pró-Rural. Viana explicou como funciona o convênio com o Banco Mundial, que prevê a adequação de estradas rurais integradas ao sistema conservacionista de solo e água.  “O objetivo é debater com os lindeiros – ou aqueles que margeiam as estradas onde serão executadas obras, o projeto técnico que está processo de elaboração e, consequente, execução dos trabalhos”, explicou Gilberto Viana. Dependendo das estradas, Viana contou que são feitas abertura, melhoria, adequação, readequação ou apenas a manutenção. “O lindeiros foram previamente informados. Mas, além desta audiência pública, precisamos da anuência deles por escrito”, informou o técnico do departamento de Agropecuária da Seab. A ata foi assinada pelos lindeiros no final da audiência pública. Gilberto Viana lembrou que não é possível manter estradas conservadas, sem a conservação de solo nas propriedades. Os trabalhos serão executados pela Patrulha Rural, comprada pelo Governo do Estado para 60 municípios atendidos pelo Pró-Rural – Programa de Desenvolvimento Econômico e Territorial: renda e cidadania no campo. A Patrulha Rural é composta por escavadeira hidráulica, trator de esteira, rolo compactador, motoniveladora, retroescavadeira, caminhão comboio abastecedor e 4 caminhões caçamba, e será usada na execução de 53 quilômetros de estradas rurais. Desse total, o projeto de execução está pronto para ser realizado em 25 quilômetros. “Tão logo iniciem os trabalhos, será feito o projeto dos demais 28 quilômetros”, informou o diretor do Departamento Municipal de Agricultura de Ivaiporã, Adir Salla, acrescentando que serão projetados e indicados mais trechos na medida em que os trabalhos forem concluídos. Os primeiros quilômetros ficam em trechos prioritários devido à escoação de produção agrícola, por exemplo. Parceiros da administração - José Luiz de Paula Dias, presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, defendeu que cada produtor deve dar uma parcela de colaboração. “Após a execução das obras, vamos ajudar a preservar as estradas rurais e ser parceiros da administração pública de Ivaiporã”, avisou Dias. O vereador Eder Bueno lembrou que o município depende da agricultura e reforçou que a Patrulha Rural irá atender as necessidades dos produtores. “Muitos cobram do poder público. Mas os produtores rurais precisam zelar pelas conquistas. O prefeito Miguel Amaral vive correndo atrás de melhorias para Ivaiporã. Portanto, vamos valorizar”, sugeriu Eder Bueno. O prefeito Miguel Amaral lembrou que o município cresce de forma planejada. “Mas é preciso agir e preservar o solo. Inclusive, chegamos a receber 320 pedidos de melhorias em estradas rurais, e sabemos que são necessários. Além disso, o produtor precisa de boas pontes”, reconheceu o prefeito.

Nenhum comentário: