PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9977-1422

terça-feira, 16 de maio de 2017

SAÚDE - Campanha "Faxinal contra a Dengue"

A união de todos é essencial para combater este problema que é de todos nós
Objetivando divulgar informações e intensificar o combate ao mosquito da dengue na cidade de Faxinal, bem como envolver ativamente os alunos da Rede de educação básica no dilema causado pelo famigerado mosquito Aedes Aegypti, transmissor das doenças dengue, chikungunya, zika e febre amarela, a PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FAXINAL, através das Secretarias de Educação e da Saúde viabilizaram a confecção de 1.600 Kits de materiais escolares, com recurso do VIGIASUS. O material intitulado “FAXINAL CIDADE UNIDA CONTRA A DENGUE” apresenta uma mensagem de preocupação com o aumento da proliferação do mosquito da dengue em nossa cidade e tem por meta ensinar os alunos da Rede Municipal de Ensino a combater e prevenir esse mosquitinho que tanto faz mal para a nossa saúde. Depois que os alunos receberem os kits escolares, ora programados para segunda quinzena de maio, os professores, importantes nessa luta estarão ensinando sobre a prevenção e cuidados que devemos tomar nas nossas casas e na escola, ampliando o trabalho educativo voltado às questões da saúde, procurando desenvolver atividades que mobilizem a comunidade na tomada de ações que diminuam o avanço perigoso da dengue em diferentes regiões da cidade. A Ideia é trabalhar com o tema em sala de aula (orientar os estudantes), sobre informações básicas de combate ao mosquito Aedes Aegypti; formas de prevenção; esclarecer os sintomas da doença e Intensificar o trabalho nos bairros onde moram. Salientamos que centralidade deste trabalho em conjunto (educação/saúde), nada mais é do que enraizar a cultura de medidas de prevenção de doenças através de uma ação educativa. Isto é, tornar a escola um centro de atividades voltadas à educação em saúde. Ou seja, o nosso foco de atenção é, predominantemente, o indivíduo, as pessoas o ser humano e o bem estar de toda população. Nesse contexto, o lixo é um aspecto importante a ser analisado. Os cuidados com o lixo exposto, principalmente nos quintais, vêm provocando um sério problema de saúde pública, além de deixar a cidade suja.
“O lixo quando não é tratado, cheira mal, é feio, ocupa espaço, atrai moscas, ratos e outros animais, contamina o solo, a água e o ar e faz mal à saúde das pessoas”. Como todos sabem existem sérios problemas que permeiam o lixo: a poluição ambiental, as doenças, a destinação e armazenamento, entre outros. Um destes problemas é o tempo gasto para o meio ambiente absorver o lixo, como por exemplo: o plástico leva uns 150 anos para se decompor; a lata de alumínio mais de 1.000 anos; o vidro mais de 10.000 anos; lata de aço uns dez anos; o papel de 03 meses a vários anos dependendo do tipo; restos orgânicos de 02 a 12 meses, entre outros. Além disso, não podemos esquecer que o problema da dengue requer atenção contínua, com o envolvimento das autoridades ligadas ao controle e da própria população. A ação dos moradores é vital para o controle do avanço da doença, pois, 80% das larvas do mosquito transmissor encontradas pelos agentes de saúde estão dentro das residências. Não podemos descuidar da dengue e da limpeza dos quintais. Portanto, cidade limpa e dever de todo cidadão. A união de todos é essencial para combater este problema que é de todos nós. COMBATER A DENGUE É DEVER MEU, SEU E DE TODOS! CONTAMOS COM VOCÊ!!! Para maiores informações sobre o trabalho do CVASST – Coordenadoria de vigilância ambiental, Sanitária e Saúde do Trabalhador; reclamações e denúncias, a pessoa pode ir à Prefeitura Municipal ou ligar (43) 3461-1332 - ramal 24.

Nenhum comentário: