PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

segunda-feira, 22 de maio de 2017

NOVO ITACOLOMI - 8º Encontro Banana 2017

Os municípios de Novo Itacolomi, Apucarana, Cambira e Rio Bom já são reconhecidos no estado do Paraná como referência na produção de banana. Juntos produzem 15.000 toneladas desta fruta por ano, são cerca de 120 agricultores em uma área de aproximadamente 600 hectares. Segundo o Engenheiro Agrônomo Cristovon Videira Ripol, gerente regional do Instituto Emater a cultura da banana tem potencial para ampliar ainda mais sua importância econômica, gerando emprego, renda, transformando a região de simples produtora grãos em um centro de produção e tecnologia em frutas. Em Novo Itacolomi, maior produtor da região, a cultura já faz parte do cotidiano da população dado a importância da atividade para a economia local, são empregos, impostos, reuniões, enfim, é o assunto mais falado. Visando aprimorar o processo produtivo e repetindo um evento tradicional, no dia 26 de maio estará acontecendo o 8º Encontro de Regional de Produtores de Banana. Na oportunidade estarão reunidas 130 pessoas entre técnicos, empresas parceiras, lideranças e agricultores dos municípios da região administrativa da Seab/Emater de Apucarana. O evento tem por objetivo transmitir para os produtores técnicas de controle de pragas e doenças, discutir a importância da cultura para o desenvolvimento local e regional e tratar sobre a legislação para o controle de pragas e doenças. Estarão presentes palestristas de renome nacional na cultura da banana, mostrando com isto a importância da atividade para a região, bem como o empenho do governo do estado através da SEAB e Emater e das Prefeituras dos municípios do Território Vale do Ivaí visando a consolidação desta região como um grande polo produtor de bananas. O evento será dia 26/05/2017 nas dependências do Clube 28 de Setembro de Novo Itacolomi com início às 13:00 hrs. Segundo os técnicos do Instituto Emater de Novo Itacolomi, os produtores devem aproveitar esta oportunidade, pois a cultura deve ser preparada para a nova safra que se inicia a partir da próxima primavera.

Nenhum comentário: