PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9977-1422

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Chevrolet Onix recebe nota zero em teste de segurança

O Chevrolet Onix recebeu nota zero no teste de segurança realizado pelo Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina e o Caribe (Latin NCap) na avaliação de colisões envolvendo ocupantes adultos. Para crianças, o resultado foi de três estrelas, para um total de cinco possíveis. O desempenho do Onix, carro mais vendido no país e de fabricação nacional, foi classificado como "pobre" pela organização nas colisões laterais. Segundo a avaliação, em caso de batida lateral, nas condições avaliadas pelo Latin Ncap, pode haver risco para o passageiro devido a falta de estrutura que absorva o impacto. "O teste de impacto lateral evidenciou uma compressão alta no peito do passageiro adulto, divulgando uma alta penetração na estrutura. O Onix não contava com dispositivos de absorção de energia em sua estrutura para impacto lateral, apenas barras nas portas", afirmou o Latin NCap em relatório divulgado nesta quinta (11). "Devido a seu pobre desempenho estrutural, a situação não mudaria nem mesmo incluindo airbags laterais", avalia a organização.




De acordo com a entidade, o carro não cumpre as exigências básicas da regulação para impacto lateral das Organização das Nações Unidas (ONU).

Já a proteção para crianças foi considerada aceitável, embora a organização faça duas ressalvas. A primeira é de que o cinto de segurança de dois pontos na posição central traseira não possui ancoragens Isofix (padrão de fixação que facilita a instalação de cadeirinhas).

Outro problema é que as portas traseiras se abriram no teste, o que poderia expor crianças a maiores riscos em uma colisão.

O Onix já havia passado por testes para colisão frontal em 2014, quando obteve um resultado de três estrelas na avaliação de segurança para ocupantes adultos. Em 2016, a entidade passou a examinar também colisões laterais, cujo desempenho ruim levou à reprovação do modelo.

Questionada sobre o teste, a GM disse que o modelo "cumpre integralmente com todos os requisitos locais de segurança dos mercados onde é vendido na América do Sul". Com informações da Folha de São Paulo

Nenhum comentário: