PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

terça-feira, 11 de abril de 2017

Prefeito, vice, vereadores e suplente perdem cargos por compra de votos

Justiça Eleitoral cassa diploma do prefeito, vice-prefeito, dois vereadores e um suplente de vereador de Serranópolis do Iguaçu
A Justiça Eleitoral cassou o diploma do prefeito, do vice-prefeito, de dois vereadores e de um suplente de vereador de Serranópolis do Iguaçu, no Oeste paranaense. A decisão atende ação proposta pela Promotoria Eleitoral de Medianeira, que apurou a prática de captação ilícita de votos pelos agentes políticos, com distribuição de cestas básicas e remédios, pagamento de material de construção e distribuição de dinheiro em espécie. O processo foi amparado em documentação e imagens em vídeo. A decisão foi da juíza Carolina Marcela Franciosi Bittencourt, da 114ª Zona Eleitoral de Medianeira. Foram afastados do cargo o atual prefeito de Serranópolis do Iguaçu, Luiz Carlos Ferri (PMDB), o vice, Diogo Rodrigo Achtemberg, e os vereadores Vinicius Fracaro e Nilson Mario Konig e o primeiro suplente Jarbas Leandro Franken. Além de afastados das funções públicas, todos foram condenados ao pagamento de multa de R$ 1.064,10 (cada) e estão com os direitos políticos suspensos por oito anos. A defesa dos políticos tem até quinta-feira (13) para apresentar o recurso junto ao TRE. Assessoria/MP-PR.

Nenhum comentário: