PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quarta-feira, 19 de abril de 2017

MANDAGUARI - Isenção da tarifa do pedágio

Assembleia no Centro de Convenções aprova termos propostos pela Viapar
Lotado. Assim estava o Centro de Convenções Décio da Silva Bacelar em Mandaguari na noite de terça-feira (18), o que obrigou muita gente a ficar de pé durante a assembleia pública para discutir a proposta apresentada pela concessionária Viapar - que administra a praça de pedágio na divisa com Marialva - em resposta ao movimento "Tarifa Zero", que teve início em março. O encontro contou com a participação de sociedade civil, além do prefeito Romualdo Batista (PDT), o vice Ari Stroher (PMDB), os nove vereadores e representantes de entidades e grupos políticos que atuam no município. A proposta apresentada pela concessionária em reunião realizada na quarta-feira(12), apresentava a possibilidade da instalação de uma cancela na Estrada Terra Roxa, permitindo passagem no local apenas aos veículos emplacados em Mandaguari, tornando viável a tarifa zero para moradores que decidissem trafegar pela estrada municipal. Além disso, a Viapar ofereceu duas possibilidades de desconto para mandaguarienses que optassem por trafegar pela BR-376: tarifas com 75% de desconto, incluídos motos e caminhões de até três eixos, o que daria R$ 2,05, ou 80% de desconto, sem a inclusão de caminhões, R$ 1,64. A assembleia pública optou pelo desconto de 80%, mas os moradores pediram que os caminhões sejam incluídos na lista, e a cobrança do valor seja proporcional ao número de eixos dos caminhões. Na contraproposta que será apresentada pelos mandaguarienses, um caminhão de nove eixos pagaria R$ 14,76 ao passar pela praça de pedágio local. Os outros itens, como a instalação da cancela na rota alternativa ao pedágio, foram aprovados integralmente. Dúvidas - Ainda durante o encontro foram respondidas dúvidas que surgiram nos últimos dias. A pricnipal delas é relacionada ao dispositivo que será instalado nos veículos emplacados em Mandaguari para automatizar o processo de passagem pelo pedágio. O "tag" será obrigatório apenas a quem passa pelo local frequentemente. Moradores que vão a Maringá poucas vezes por mês contarão com a opção de comprar cupons que serão apresentados no momento em que trafegarem pela praça de pedágio. Acordo - Após a assembleia, o próximo passo será a realização de um novo encontro entre representantes da Viapar e membros do "Tarifa Zero" para ajuste de detalhes e elaboração de acordo entre concessionária e moradores, que deve ser referendado pelo município. Integrantes do movimento confirmaram que estão com boas expectativas para a próxima reunião e esperam que a questão seja resolvida em breve. O novo encontro entre movimento e concessionária ainda não tem data definida para ocorrer. As informações são do portal Agora de Mandaguari, LEIA MAIS.

Nenhum comentário: