PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9977-1422

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Caixa Econômica reduz juros do rotativo do cartão de crédito

A partir de maio, juros serão de 8% a 11% dependendo do cartão do cliente
A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (11) a redução das taxas de juros do, agora rotativo dos cartões de crédito que, variam de 8% a 11% ao mês, conforme o tipo de cartão do cliente. Antes, os juros dessa modalidade iam de 11,15% a 17,12% ao mês. O rotativo é o crédito tomado junto à instituição financeira quando o consumidor paga menos que o valor integral da fatura do cartão. Segundo o banco, a redução na taxa mensal do rotativo foi de 7,7 pontos percentuais. "A medida contribuirá para a redução da inadimplência e incentivo ao consumo", informou a Caixa, em nota. Novas regras para o rotativo dos cartões de crédito Pelas novas regras para o crédito rotativo, anunciadas pelo governo no fim do ano passado e em vigor desde o dia três de abril, sempre que o consumidor entrar no crédito rotativo e não conseguir quitar a dívida nos primeiros 30 dias, o banco terá de oferecer um crédito parcelado do saldo devedor, com taxas menores. Na prática, isso evita que a dívida do cartão de crédito, que tem as taxas de juros mais altas do mercado, vire uma bola de neve. Segundo a Caixa, a partir das faturas com vencimento em três de maio de 2017, os clientes que estiverem com saldo rotativo terão três opções: quitar a fatura total; pagar o mínimo; ou aderir à linha de crédito parcelada. ?O cliente da Caixa que optar pelo parcelamento do saldo devedor, a partir de maio, poderá escolher os seguintes prazos de pagamento: 4, 8, 12, 16, 20 ou 24 meses, com taxas entre 3,3% e 9,9% ao mês [inferiores às do rotativo]. Para formalizar a adesão, o cliente deve pagar o valor exato da primeira parcela de uma das propostas de parcelamento, que estará disponível na fatura, até a data do vencimento?, informou. O banco oferece, ainda, a opção do parcelamento automático do valor da fatura, que ocorrerá quando o cliente pagar qualquer valor abaixo do pagamento mínimo e diferente das seis opções de parcelamento citadas. Agência Brasil.

Nenhum comentário: