PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quinta-feira, 20 de abril de 2017

APUCARANA - Polícia Civil prende uma mulher e dois homens suspeitos de decapitar homem

Através de um vídeo que ajudou a identificar os suspeitos, a Polícia Civil de Apucarana, delegado da 17ª SDP (Subdivisão Policial), José Jacovós, juntamente com a equipe da Divisão de Homicídios, conseguiu prender nesta quarta-feira (19), três suspeitos no envolvimento na morte do jovem Luciano Aparecido Pontes, 29 anos, morto e decapitado no dia 11 de abril de 2017, na estrada do Xaxim, em Apucarana. Os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão na tarde desta quarta-feira (19) por volta das 17 horas, em uma casa na Rua Guarani, no Jardim Cerejeira, em Apucarana, e fizeram perícia no local, no quintal da casa foi encontrado roupas queimadas com vestígios de sangue, provavelmente utilizadas no crime, três suspeitos foram presos, sendo uma mulher e dois homens. CRIME - O crime que foi filmado pelos autores que se apresentaram como integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC). Uma semana após o fato, o vídeo começou a circular nos grupos de WhastApp e ajudou a polícia a identificar os suspeitos. De acordo com Jacovós, a polícia teve acesso a outro vídeo que mostra Pontes sendo atingido por um tiro. "O vídeo mostra nitidamente que a pessoa que foi morta tem problemas mentais. Os assassinos puxam o gatilho e a arma falha e ele não esboça nenhuma reação. Na verdade mataram e cortaram a cabeça de um deficiente que estudou na Apae", disse o delegado. INVESTIGAÇÃO - Luciano estava sendo investigado pelo estupro de uma criança de 7 anos. No vídeo, os assassinos afirmam que este seria o motivo do crime. O corpo dele foi encontrado na semana passada, na Estrada do Xaxim. LOCAL - A casa onde ocorreu a busca e apreensão seria de uma mulher que está entre os detidos. No local a polícia apreendeu roupas com manchas, supostamente de sangue. Além dos três presos, a polícia também investiga outros envolvidos. Colaboração: Canal 38 e TN Online

Nenhum comentário: